Anúncios

A história do Aeroporto de Congonhas

Fonte:http://acervo.estadao.com.br

O Aeroporto de Congonhas foi inaugurado oficialmente no dia 12 de abril de 1936, mas começou a funcionar dois antes. Até 1934 o único local de pouso e decolagem de aeronaves na cidade era o Campo de Marte. O aeroporto na região norte da cidade sofria com os constantes transbordamentos do rio Tietê.

Para fugir do problema, o local escolhido para a construção de outro aeroporto foi a Vila Congonhas, na época um lugar ermo e distante do centro da cidade. O nome Congonhas, vem do Visconde de Congonhas do Campo, Lucas Antônio Monteiro de Barros (1823-1851), primeiro governante da Província de São Paulo após a Independência.

Aeroporto de Congonhas, em São Paulo (foto: Infraero/Divulgação)

Nos anos 50, o aeroporto foi o mais movimentado do mundo (em volume de carga aérea, ficando atrás apenas dos de Londres e Paris em 1957), mas com o crescimento da cidade e a inauguração do terminal em Guarulhos, o movimento diminuiu, voltando a subir na década de 90 com as empresas nacionais e de táxi-aéreo. Hoje atende voos nacionais e a ponte aérea Rio/SP.

Congonhas hoje
Anualmente, mais de 19 milhões de passageiros passam por ali, em mais de 200 mil pousos e decolagens.

Mas a queda no movimento seria sentida, em 1985, com a transferência dos voos internacionais para o recém-inaugurado Aeroporto de Guarulhos, movimentação que só foi recuperada, a partir de 1990, quando Congonhas voltou a ser o mais movimentado do País, cujo carro-chefe das operações era a ponte aérea São Paulo-Rio.

Nos últimos anos, Congonhas ganhou também 12 novas pontes de embarque, pondo fim à circulação de passageiros pelo pátio; um edifício-garagem de 60 mil m² com mais de 3 mil vagas cobertas e descobertas; e nova torre de controle, com 44 metros de altura.

Desde 2015, os monitores próximos aos portões de embarque remoto e às esteiras de bagagem exibem mensagens em Libras (Língua Brasileira de Sinais), uma das medidas de acessibilidade do aeroporto.

Segundo estudo do Official Airline Guide (OAG), consultoria britânica de monitoramento de viagens aéreas, Congonhas é o 2º megahub mais pontual do mundo (87,81%), superado apenas pelo Aeroporto Internacional Haneda, em Tóquio. Nesse quesito, o Aeroporto (91,25%).

CURIOSIDADES

⇒ O nome Congonhas é uma homenagem ao Visconde de Congonhas do Campo, Lucas Antônio Monteiro de Barros (1823-1851), primeiro governante da Província de São Paulo, após a Independência do Brasil, em 1822

⇒ Em 1957, tornou-se o 3º do mundo no total de carga aérea , atrás apenas de Londres e Paris;

⇒ A 1ª estação de passageiros foi inaugurada, nos anos 40, cuja estrutura em estilo art déco seria substituída por um novo terminal, em 1956;

Fonte:http://acervo.estadao.com.br

Anúncios

“Blog Logística na Veia”

Olá sou o Professor e palestrante Afonso Ivens, graduado em Logística Empresarial, MBA em Gestão Empresarial – Universidade do Grande Rio Docência do Ensino Superior FGV. Trabalhei no SENAI/SENAC RJ, ministrando, elaborando aulas de nos cursos de logística e Administração nos níveis técnico, cursos livres e aprendizagem. Mas ao longo da minha carreira profissional realizei, trabalhos na área de movimentação e transporte de cargas, manutenção preventivas e corretivas de maquinas pesadas e participado de grandes projetos nacionais como reforma do alto forno 3 (CSN, Volta redonda RJ 2001) reforma do alto forno 2 Cosipa Cubatão SP (2002), e entre tantos outros aqui não mencionados.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: