Anúncios

Mercedes-Benz do Brasil passa a fornecer motores para a matriz na Alemanha

Produzidos em São Bernardo do Campo, os propulsores vão equipar caminhões destinados à África e ao Oriente Médio

De acordo com a publicação realizada pela revista tecnologística no dia 21 /08/2017  .A Mercedes-Benz do Brasil passou a exportar, neste mês de agosto, motores fabricados em sua planta de São Bernardo do Campo (SP) para a matriz da companhia, na Alemanha. Os propulsores, da família OM 460 Euro 3, equiparão o caminhão rodoviário Actros e os fora-de-estrada Arocs e Zetros.

Da fábrica alemã, localizada na cidade de Wörth, os veículos serão exportados para os mercados da África e do Oriente Médio. Durante a fase de desenvolvimento, os motores brasileiros foram testados em bancos de provas tanto em São Bernardo do Campo quanto na fábrica de Stuttgart, na Alemanha. Além disso, eles passaram por testes de operação no Brasil, na Alemanha e no Oriente Médio.

“O Grupo Daimler escolheu a Mercedes-Benz do Brasil para atender esses mercados devido à sua tradição na produção de motores robustos, resistentes e adequados para as mais severas condições de transporte de cargas, similares às características da região da África e do Oriente Médio”, explica Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO para a América Latina. “Além disso, o trem de força de nossos caminhões é referência em qualidade e confiabilidade, bem como pelo baixo consumo de combustível e pelo baixo custo de manutenção durante toda a vida útil dos veículos”.

Além de produzir motores para os caminhões e ônibus nacionais, a Mercedes-Benz do Brasil já exportava para os mercados do México e dos Estados Unidos. Em mais de 60 anos no país, a empresa já produziu cerca de 3 milhões de propulsores, destinados a ônibus urbanos e rodoviários e a caminhões desde leves até extrapesados.

Fonte:http://www.tecnologistica.com.br

Anúncios

“Blog Logística na Veia”

Olá sou o Professor e palestrante Afonso Ivens, graduado em Logística Empresarial, MBA em Gestão Empresarial – Universidade do Grande Rio Docência do Ensino Superior FGV. Trabalhei no SENAI/SENAC RJ, ministrando, elaborando aulas de nos cursos de logística e Administração nos níveis técnico, cursos livres e aprendizagem. Mas ao longo da minha carreira profissional realizei, trabalhos na área de movimentação e transporte de cargas, manutenção preventivas e corretivas de maquinas pesadas e participado de grandes projetos nacionais como reforma do alto forno 3 (CSN, Volta redonda RJ 2001) reforma do alto forno 2 Cosipa Cubatão SP (2002), e entre tantos outros aqui não mencionados.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: