Anúncios

Demanda no transporte aéreo doméstico tem crescimento de 3,6% em julho No mesmo período, a oferta doméstica apresentou alta de 4,4%

Conforme a publicação realizada pela ANAC  em 13/09/2017
No mesmo período, a oferta doméstica apresentou alta de 4,4%
Dados do transporte aéreo

A demanda doméstica (em passageiros-quilômetros pagos transportados, RPK) registrou aumento de 3,6% em julho deste ano, quando comparada com o mesmo mês de 2016. Esta foi a quinta alta consecutiva do indicador. No acumulado dos sete primeiros meses, a demanda teve crescimento de 1,1%, em comparação com o mesmo período do ano passado. A oferta (em assentos-quilômetros ofertados, ASK) registrou alta de 4,4% no mês, após registrar queda em junho. A oferta acumulou crescimento de 0,2% nos primeiros sete meses o do ano.

Em julho de 2017, foram transportados 8,3 milhões de passageiros pagos em voos domésticos, o que representou aumento de 3,0% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

No mês de julho, Gol e Latam permaneceram na liderança no mercado doméstico, com participações de mercado da ordem de 37,4% e 32,1%, respectivamente, enquanto a soma das demais empresas avançou 9,1% na comparação com julho de 2016 alcançando 30,5% da demanda RPK. No mês, a Latam registrou uma baixa de 6% no RPK, na comparação com igual período do ano anterior, enquanto a Avianca alcançou a maior variação positiva em RPK entre as quatro principais empresas aéreas, com +20,2%. As empresas Gol e Azul apresentaram crescimento de 5,7% e 9,5% no RPK, respectivamente.

Em julho deste ano, a taxa de aproveitamento dos assentos das aeronaves no mercado doméstico foi de 83,9%, que representou baixa de 0,7% em relação ao mesmo período do ano passado. O transporte de carga paga e correio no mercado doméstico, no mês de julho, foi da ordem de 36 mil toneladas, o que representou alta de 0,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Mercado internacional

Em julho de 2017, a demanda internacional das empresas brasileiras apresentou aumento de 19%, sendo este o 10º mês consecutivo de alta. A oferta cresceu 18,2% nesse período, o que representou o 9º aumento consecutivo. Durante o mês de julho, foram transportados 813 mil passageiros pagos em voos internacionais. Os três indicadores alcançaram o seu maior nível para um único mês na série histórica iniciada em 2000. No acumulado de janeiro a julho de 2017, a demanda internacional das empresas brasileiras cresceu 12,8% e a oferta aumentou 8,9%, em comparação com igual período de 2016.

Entre as empresas aéreas brasileiras que operam no mercado internacional, a LATAM continuou com maior participação de mercado, de 73,5% no mês de julho, o que representou recuo de 5,5% na comparação com igual do ano anterior, apesar da alta de 12,4% em RPK. A Azul apresentou um aumento de 58,5% em seu RPK internacional, passando a uma participação de mercado de 12,6%, seguida da Gol com 11,8%. A Avianca passou a figurar como a quarta empresa aérea brasileira neste mercado. A aérea passou de uma participação quase nula, em julho do ano anterior, para 2,1% da demanda internacional de passageiros, em julho deste ano.

A taxa de aproveitamento dos assentos das aeronaves das empresas brasileiras no mercado internacional foi de 86,2% no mês, o que representou um aumento de 0,7% na comparação com julho de 2016. O indicador está em alta há 14 meses e alcançou o seu maior nível para o mês de julho na série histórica iniciada em 2000. Nos sete primeiros meses do ano, o indicador acumulou alta de 3,6% na comparação com igual período de 2016, atingindo o valor 85,3%.

No mês de julho, foram transportadas 19.797 toneladas de carga e correio, número que representou aumento de 49,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior, este foi o maior nível já alcançado para o mês na série histórica iniciada em 2000. O indicador acumulou aumento de 21,4% nos sete primeiros meses do ano.

Os dados estão disponíveis no relatório Demanda e Oferta do Transporte Aéreo – Empresas Brasileiras, divulgado hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O relatório pode ser acessado na seção Dados e Estatísticas do portal da ANAC na internet ou por meio deste link: Demanda e Oferta do Transporte Aéreo.

O relatório é elaborado com base nas operações regulares e não regulares das empresas brasileiras de serviços de transporte aéreo público.

Fonte . http://www.anac.gov.br

Anúncios

“Blog Logística na Veia”

Olá sou o Professor e palestrante Afonso Ivens, graduado em Logística Empresarial, MBA em Gestão Empresarial – Universidade do Grande Rio Docência do Ensino Superior FGV. Trabalhei no SENAI/SENAC RJ, ministrando, elaborando aulas de nos cursos de logística e Administração nos níveis técnico, cursos livres e aprendizagem. Mas ao longo da minha carreira profissional realizei, trabalhos na área de movimentação e transporte de cargas, manutenção preventivas e corretivas de maquinas pesadas e participado de grandes projetos nacionais como reforma do alto forno 3 (CSN, Volta redonda RJ 2001) reforma do alto forno 2 Cosipa Cubatão SP (2002), e entre tantos outros aqui não mencionados.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: